Voltar à lista de histórias

Um homem em frente a um mapa do Afeganistão.

A história de Malik A história de Malik

Escrita por LIDA Italia

Ilustrada por Vilius Aistis Vilimas

Traduzida por Ana Costa

Lida por Elsa Teixeira

Língua português

Nível Nível 4

Narrar a história completa

Velocidade de leitura

História em reprodução automática


Um homem em frente a um mapa do Afeganistão.

O meu nome é Malik e tenho 39 anos. Nasci no Afeganistão. A minha religião é diferente da religião principal do Afeganistão.

O meu nome é Malik e tenho 39 anos. Nasci no Afeganistão. A minha religião é diferente da religião principal do Afeganistão.


Um homem e uma mulher abraçam-se e um homem com ar triste está perto deles.

Desde há muitos anos que as pessoas que pertencem à minha religião têm sido perseguidas. Isso tem sido muito difícil para a minha família.

Desde há muitos anos que as pessoas que pertencem à minha religião têm sido perseguidas. Isso tem sido muito difícil para a minha família.


Um homem no meio de uma cena de guerra e um tanque a disparar ao longe.

Há alguns anos, houve uma guerra. Tive medo de ser morto. Deixei a minha família para ir para a Europa e começar uma nova vida.

Há alguns anos, houve uma guerra. Tive medo de ser morto. Deixei a minha família para ir para a Europa e começar uma nova vida.


Um homem a fazer caminhadas a pensar em comida e numa cama.

Caminhei durante muitos quilómetros. Por vezes, não tinha comida e não tinha onde ficar. Algumas das pessoas com quem viajei morreram.

Caminhei durante muitos quilómetros. Por vezes, não tinha comida e não tinha onde ficar. Algumas das pessoas com quem viajei morreram.


Um homem e uma mulher à porta de uma casa, a sorrir e a oferecer comida.

Finalmente, cheguei. Conheci algumas pessoas do meu próprio país que me ajudaram. Não sei o que teria feito sem elas.

Finalmente, cheguei. Conheci algumas pessoas do meu próprio país que me ajudaram. Não sei o que teria feito sem elas.


Um homem sentado à secretária a estudar.

Comecei a aprender a língua, mas foi difícil. Eu sabia que falar a língua era importante para conseguir um emprego.

Comecei a aprender a língua, mas foi difícil. Eu sabia que falar a língua era importante para conseguir um emprego.


Um homem sentado numa secretária a estudar com um relógio na parede.

Estudei durante vários anos para aprender a língua. Foi difícil, mas eu gosto de aprender coisas novas.

Estudei durante vários anos para aprender a língua. Foi difícil, mas eu gosto de aprender coisas novas.


Um homem a ensinar ângulos.

Depois de estudar, comecei a trabalhar. Primeiro trabalhei num restaurante, e depois tornei-me professor porque quero ajudar outras pessoas.

Depois de estudar, comecei a trabalhar. Primeiro trabalhei num restaurante, e depois tornei-me professor porque quero ajudar outras pessoas.


Um homem a ensinar uma rapariga sentada numa secretária.

Espero voltar um dia ao Afeganistão. Muitas pessoas precisam de ajuda lá e eu quero ajudá-las.

Espero voltar um dia ao Afeganistão. Muitas pessoas precisam de ajuda lá e eu quero ajudá-las.


Escrita por: LIDA Italia
Ilustrada por: Vilius Aistis Vilimas
Traduzida por: Ana Costa
Lida por: Elsa Teixeira
Língua: português
Nível: Nível 4
Licença Pública/creative Commons
Este trabalho está licenciado sob a licença Creative Commons/Licenças Públicas Atribuição 4.0 Licença Internacional.
Opções
Voltar à lista de histórias Descarregar PDF